Ferrari terá uma novidade a cada ano, mas seguirá com produção limitada

O futuro da Ferrari também foi traçado nesta semana pelo plano de revitalização idealizado por Sergio Marchionne para as marcas do grupo FCA. Com base nas novas estratégias, que devem perdurar por cinco anos, a fabricante de esportivos passará a oferecer uma gama maior e mais diversificada com uma novidade sendo lançada a cada ano. Dessa forma, cada modelo terá em média quatro ano de vida e a partir daí serão apresentadas versões "M", que devem vigorar por mais quatro anos.
Ferrari terá uma novidade a cada ano, mas seguirá com produção limitada
Ocasionalmente, uma série especial super exclusiva será apresentada para atender a "clientes de alto nível". Marchionne também confirmou que a marca seguirá com o plano atual de produção limitada. A meta é fabricar anualmente apenas 7 mil unidades "para manter a exclusividade dos veículos". No fim das contas o objetivo é vender menos carros, torná-los mais exclusivos e com isso cobrar preços mais altos.
Ferrari terá uma novidade a cada ano, mas seguirá com produção limitada
O executivo, no entanto, admitiu que poderá ampliar o teto para 10 mil carros/ano caso o número de clientes endinheirados cresça em mercados emergentes.

Ferrari terá uma novidade a cada ano, mas seguirá com produção limitada

Foto de: Dyogo Fagundes