Anfavea: SUV's deixarão de ser comerciais leves em 2015; mercado segue em baixa

Anfavea: SUV's deixarão de ser comerciais leves em 2015; mercado segue em baixa
A Anfavea (associação que reúne as principais fabricantes) divulga nesta quinta-feira (4) os resultados do mercado de autoveículos em agosto. E mais uma vez os índices não são positivos: com cerca de 273 mil unidades vendidas, o mês registrou queda de 7,6% em relação a julho. Se contabilizados os números dos últimos 12 meses, a redução é de 6,5% nas vendas. Já a produção acumula variação negativa de 13% de agosto de 2013 a agosto de 2014, apesar de uma ligeira recuperação de 5,3% em agosto quando comparado a julho deste ano. No último mês, foram produzidos 265,9 mil autoveículos.
Anfavea: SUV's deixarão de ser comerciais leves em 2015; mercado segue em baixa
Outro dado negativo vem das exportações, que já acumulam queda de nada menos que 50,6% em 2014 quando comparado aos oito primeiros meses de 2013. E agosto não ajudou a melhorar esse índice, com queda de 7,5% no volume exportado, registrando apenas 31.651 unidades.
Anfavea: SUV's deixarão de ser comerciais leves em 2015; mercado segue em baixa
Apesar do cenário desfavorável, a Anfavea mantém o otimismo nas previsões para o segundo semestre: 13,2% na produção e 14,3% nas vendas. O presidente da entidade, Luiz Moan, acredita na retomada do crescimento do mercado ainda neste ano e também para 2015, citando como exemplo a chegada de novas fábricas de automóveis ao país, como a recém-inaugurada linha de produção da chinesa Chery em Jacareí (SP). A associação também aproveitou a coletiva de imprensa em São Paulo para adiantar uma mudança que acontecerá nas categorias de veículos a partir de janeiro de 2015: os comerciais leves deixarão de contemplar os SUVs (como o EcoSport acima), visto que há muito tempo esses veículos deixaram de ser ferramentas de trabalho. Assim, os SUVs passarão a contabilizar suas vendas entre os carros de passeio, deixando a categoria comercial leve apenas para picapes e furgões. Vale lembrar que a mudança não terá nenhum caráter sobre incidência de impostos, será apenas um ajuste para separar melhor as vendas em suas respectivas categorias. Desta forma, haverá uma redução considerável no volume de comerciais leves a partir do ano que vem, pois o que se via hoje eram números artificiais de modelos comerciais, quando na verdade são vendas de SUV's de passeio.

Anfavea: SUV's deixarão de ser comerciais leves em 2015; mercado segue em baixa

Foto de: Daniel Messeder