Chery inaugura fábrica brasileira e pretende conquistar 3% do mercado

Nesta quinta-feira (28), a Chery deu início a uma nova fase ao inaugurar em Jacareí (SP) a primeira fábrica de uma montadora chinesa fora da China. Fruto de investimentos de US$ 530 milhões (R$ 1,2 bi), o complexo industrial abrigará a fábrica de automóveis e também a unidade de motores da Acteco, marca que também pertence ao grupo.
Chery inaugura fábrica brasileira e pretende conquistar 3% do mercado
Erguida em um terreno de mais de 1 milhão de metros quadrados e com 400 mil metros quadrados de área construída, a fábrica tem previsão inicial de produzir 50 mil unidades em 2015 e gerar 3 mil empregos. Lembrando que até o fim de 2014 a marca planeja vender 15 mil veículos. Atualmente sua rede possui 67 concessionárias, número que deve chegar a 100 até o fim de 2014, de acordo com Luis Curi, vice-presidente da Chery Brasil.
Chery inaugura fábrica brasileira e pretende conquistar 3% do mercado
Construída com recursos próprios, a nova unidade vai começar a produzir as primeiras unidades pré-série do novo Celer, nas versões hatchback e sedã, em setembro. O índice de nacionalização está um pouco acima de 50%, mas deve chegar aos 70% em aproximadamente dois anos. No primeiro trimestre de 2014 será a vez da nova geração do compacto QQ, equipado com motor 1.0 três cilindros e que futuramente terá opção de turbocompressor, começar a sair da linha de produção.
Chery inaugura fábrica brasileira e pretende conquistar 3% do mercado
Novo Chery Tiggo3 chinês Em 2016, a marca vai começar a produzir o terceiro modelo, um utilitário esportivo que pode ser o novo Tiggo3. Os três modelos produzidos em Jacareí irão abastecer o mercado local e os países vizinhos (Argentina, Uruguai, Colômbia, Equador, Venezuela e Peru). Além disso, cogita-se também a vinda do seu irmão maior Tiggo5, importado da China.
Chery inaugura fábrica brasileira e pretende conquistar 3% do mercado
O projeto da fábrica brasileira teve início em 2009 e contou com apoio de órgãos do governo do estado de São Paulo. Está prevista ainda a criação de um Centro de Pesquisa e Desenvolvimento, em local a ser definido e com aporte de R$ 50 milhões. Com tudo isto, a Chery espera conquistar 3% de participação no mercado automotivo nacional em 2018, ano em que deve ficar pronto um modelo completamente novo e projetado no Brasil. Reportagem e fotos: Julio Cesar, de Jacareí (SP) Viagem a convite da Chery do Brasil Veja na galeria abaixo mais imagens da fábrica e dos modelos expostos:

Chery inaugura fábrica brasileira e pretende conquistar 3% do mercado

Foto de: Julio Cesar