VW define projeto de marca de baixo custo; produção será concentrada na China

Após idas e vindas para fechar entraves como custos de produção e questões de qualidade, a Volkswagen finalmente definiu o projeto básico de sua inédita marca de baixo custo. Chamada por boa parte da imprensa alemã de Tantus (batismo que ainda não foi confirmado), a divisão low-cost atuará principalmente na China e terá o populoso país asiático como principal fornecedor de componentes. A nova empresa estará para o grupo VW assim como Datsun e Dacia estão para Nissan e Renault, respectivamente. A previsão é que o primeiro modelo “barato” seja lançado entre o final de 2016 e o início de 2017. A inédita gama será desenvolvida em forma de joint-venture com outra montadora, tendo grandes chances de ser uma das chinesas SAIC ou FAW. A China será o primeiro mercado a receber a nova marca, seguida de outros mercados emergentes como Índia e África do Sul. Para a Volkswagen, ampliar a participação em marcados da Ásia e da África é crucial para atingir a meta de ser líder mundial em 2018.