Tesla realiza "recall virtual" em mais de 29 mil unidades do Model S

Pode-se dizer que o filme da Tesla está queimado. Em meio a diversos casos de incêndio, a fabricante divulgou que irá substituir o adaptador do carregador de 240 volts e fará uma atualização do sistema de gerenciamento de recarga em mais de 29 mil unidades do esportivo elétrico Model S. Em nota oficial divulgada nesta semana, intitulada "Tesla fornece a clientes atualização do software de recarga e adaptador", a marca informa que enviará os novos adaptadores aos clientes, e assim que receberem, podem confirmar o recebimento sem ter que levar os seus veículos em um centro de assistência técnica.
Tesla realiza "recall virtual" em mais de 29 mil unidades do Model S
Sobre o software, a marca diz que com um simples toque na tela touchscreen de 17 polegadas será possível verificar se aquela unidade do Model S já recebeu a atualização. Destaca ainda que qualquer veículo que não esteja dentro do alcance de uma rede sem fio, ou que não tenha acesso à internet por qualquer outro motivo, pode ter a atualização instalada nos centros de serviço autorizado.
Tesla realiza "recall virtual" em mais de 29 mil unidades do Model S
Para rebater as notícias que rotularem a ação como um Recall, o presidente da Tesla, Elon Musk, usou o Twitter para reafirmar que nenhuma unidade do Model S está sendo convocada fisicamente. Destaca que os adaptadores modificados serão enviados, assim como a atualização do sistema de gerenciamento via software deve ser completada até o fim deste mês. Desta forma, define que o termo "recall" neste caso precisa de um "recall". Segundo a Tesla, o adaptador usado para recarregar as baterias pode superaquecer, a ponto de derreter ou ainda, causar incêndios. No entanto, a fabricante destaca que apenas 2,7% dos dispositivos apresentaram algum tipo de problema, sem relatos de danos ou ferimentos.

Tesla realiza "recall virtual" em mais de 29 mil unidades do Model S

Foto de: Fábio Trindade