Mercedes CLS 63 AMG Shooting Brake já está entre nós

Ainda sem data de apresentação oficial no Brasil, a perua superesportiva CLS 63 AMG Shooting Brake já pode ser encontrada nas concessionárias da Mercedes por "módicos" R$ 599 mil. E isso na versão "básica": quando equipada com itens opcionais como rodas Black de 10 raios e soleira iluminada, a conta passa para R$ 622.045, como constatou a reportagem de CARPLACE numa revenda AMG em São Paulo.
Mercedes CLS 63 AMG Shooting Brake já está entre nós
Equipada com o motor AMG V8 biturbo de 557 cv e brutais 81,6 kgfm de torque associado a transmissão automática de sete velocidades, a CLS 63 AMG impressiona pelo desempenho (acelera de 0 a 100 km/h em 3,8 segundos) e ainda oferece um porta-malão de 590 litros. Isso sem falar no visual todo próprio, com a arrojada traseira "meio perua, meio cupê". Ela vai influenciar, inclusive, o design da versão perua do Classe A, prevista para ser apresentada na Europa neste ano.
Mercedes CLS 63 AMG Shooting Brake já está entre nós
A CLS 63 Shooting Brake é a resposta da AMG à rival Audi RS6 (veja teste clicando aqui), atualmente a perua mais potente do mundo, com 560 cv - apenas 3 cv a mais que a concorrente de Sttutgart.
Mercedes CLS 63 AMG Shooting Brake já está entre nós
Fotos Daniel Messeder

Mercedes CLS 63 AMG Shooting Brake já está entre nós

Foto de: Julio Cesar