VW: vendas aquém do esperado podem "matar" o Up!, afirma revista

Lançado pelo grupo Volkswagen há algumas semanas, o plano de reestruturação traçado para os próximos três anos deve render muitas outras polêmicas além do rendimento financeiro acanhado da plataforma MQB. Focado especialmente na redução de gastos e ampliação das margens de lucro, o programa será responsável por eliminar do portfólio da marca todos os modelos de baixas vendas e pouca rentabilidade. Nesse pacote estão incluídos carros como o Eos e o Scirocco, tradicionalmente modelos de nicho, mas, surpreendentemente, até o compacto Up! corre o risco de ir para a guilhotina.
VW: vendas aquém do esperado podem "matar" o Up!, afirma revista
Conforme aponta a revista inglesa Autocar, a marca analisa minuciosamente o comportamento comercial de sua gama no intuito de cortar do catálogo todos os modelos que forem dispensáveis. Não necessariamente significa que estes veículos estão dando prejuízo, mas o fato é que não estão vendendo como o esperado. É o caso de modelos como o conversível Eos, que durante todo o ano passado emplacou apenas 7.651 unidades, e do Scirocco, com 23.400 exemplares no mesmo período.
VW: vendas aquém do esperado podem "matar" o Up!, afirma revista
Nesse corte, até o compacto Up! também corre o risco de ser descontinuado. Isso porque, junto com os irmãos Seat Mii e Skoda Citigo, o compacto não conseguiu atingir a meta de vender 200 mil unidades por ano. Demais detalhes ainda são desconhecidos, mas sabe-se que o comportamento dos modelos nos próximos dois anos será fundamental para a decisão final da empresa.

VW: vendas aquém do esperado podem "matar" o Up!, afirma revista

Foto de: Dyogo Fagundes