Toyota troca máquinas por humanos em busca de melhor qualidade construtiva

A Toyota está recorrendo à mesma estratégia usada no passado e que atualmente só é executada por fabricantes de modelos exclusivos e caros. A marca resolveu substituir modernos robôs por seres humanos nas linhas de montagem de suas principais fábricas no Japão. Responsável por implementar o plano, Mitsuru Kawai, disse em entrevista à agência de notícias Bloomberg que a ideia do projeto é fazer com que os funcionários possam desenvolver novas habilidades e otimizar o processo de fabricação do carros com foco na qualidade. Esse tipo de ação já foi usado pela marca no passado, quando os trabalhadores mais capazes eram considerados "deuses artesãos". "Precisamos nos tornar mais sólidos e voltar ao básico, para aprimorar nossas habilidades manuais e desenvolvê-las. Quando eu era um novato, mestres experientes costumavam ser chamados deuses, e eles poderiam fazer qualquer coisa ", relata Kawai. O retorno dos "kami-sama", como são chamados, evidencia uma nova estratégia da Toyota, pautada não apenas no crescimento quantitativo, mas também na qualidade e na eficiência dos serviços. "Não podemos simplesmente depender das máquinas. Temos que pensar além disso", conclui o executivo. Depois que enfrentou uma série de recalls globais, a Toyota tem se preocupado tanto com questões do tipo que nenhuma nova fábrica será erguida pela marca nos próximos três anos até que todas os problemas de qualidade sejam resolvidos.

Toyota troca máquinas por humanos em busca de melhor qualidade construtiva

Foto de: Dyogo Fagundes