Cadê o motorista? Toyota diz que não acredita em carros autônomos

Especialista em sistemas de controle de veículos da Toyota, Moritaka Yoshida concedeu entrevista à imprensa europeia nesta semana e afirmou não acreditar na inovadora tecnologia de condução autônoma de automóveis. "Nós acreditamos que o motorista é quem sempre deve estar no comando e quem sempre tem a responsabilidade de tomar as decisões e iniciativas", declarou. Yoshida disse ainda que formou sua opinião com base em mais de 20 anos de pesquisa.
Cadê o motorista? Toyota diz que não acredita em carros autônomos
"Pense em aviões.Eles têm um piloto automático, mas quando se trata de operações importantes é sempre o condutor que assume o controle e o sistema, por sua vez, é quem passa a receber as instruções. Aplicando este conceito ao carro, o motorista é quem deve estar ao volante", afirmou. Ainda segundo o executivo, o máximo que a Toyota apostará nesse sentido será em um dispositivo de condução automatizado, mas não completamente autônomo.
Cadê o motorista? Toyota diz que não acredita em carros autônomos
As declarações de Yoshida vão de encontro às tendências de outras marcas como o grupo Daimler e a Nissan, que inclusive já prometeu lançar carros completamente autônomos em 2020.

Cadê o motorista? Toyota diz que não acredita em carros autônomos

Foto de: Dyogo Fagundes