Teste CARPLACE: JAC J3 S enfim une novo visual ao motor 1.5 flex

Teste CARPLACE: JAC J3 S enfim une novo visual ao motor 1.5 flex
Com o renovado J3 S, a JAC desfaz uma pequena confusão em sua linha. A gente explica: a nova geração do motor 1.5 16V ganhou injeção flex e sistema de aquecimento do etanol que dispensa o tanquinho de partida a frio. Mas este propulsor estreou apenas no J3 ainda com a carinha antiga, enquanto meses depois estreava o J3 reestilizado com o motor 1.4 a gasolina. Agora finalmente você encontra o hatch com motor e visual atualizados num carro só.
Teste CARPLACE: JAC J3 S enfim une novo visual ao motor 1.5 flex
Com valores partindo de R$ 39.990 para o hatch e R$ 41.690 no J3 Turin (sedã), a nova versão "S Flex" segue a filosofia chinesa de oferecer amplo pacote de equipamentos, agora aliado à uma aparência esportiva. Itens de série incluem rodas de liga aro 15", faróis com máscara negra, adesivos nas portas e ponteira de escapamento cromada. No interior o destaque fica por conta da iluminação do painel de instrumentos na cor vermelha, além das costuras de mesma cor no volante, coifa do câmbio e costura dos bancos. Pedaleiras e soleira também são esportivas.
Teste CARPLACE: JAC J3 S enfim une novo visual ao motor 1.5 flex
Deixando a estética de lado, os números do J3 S Flex mostram que ele é o JAC com melhor "pegada". Afinal, equipado com o motor 1.5 16V VVT flex, o modelo dispõe de bons 125 cv com gasolina e 127 cv com etanol, não devendo nada a alguns modernos motores 1.6 disponíveis em rivais nacionais. Nossas medições, no entanto, revelaram números apenas razoáveis, como aceleração de 0 a 100 km/h em 10,8 segundos e retomada de 40 de 100 km/h em 11,2 s. Mesmo sem se destacar, o J3 agrada pela agilidade proporcionada pelo novo motor aliado ao baixo peso.
Teste CARPLACE: JAC J3 S enfim une novo visual ao motor 1.5 flex
Na estrada, o J3 está mais vigoroso principalmente nas ultrapassagens e trechos íngremes, situações que o modelo tira de letra mesmo sem precisar de redução de marcha. Com isolamento acústico de bom nível e proposta ligeiramente esportiva, ouvir o ronco do motor acaba sendo parte da brincadeira, deixando a condução mais animada em altas rotações.
Teste CARPLACE: JAC J3 S enfim une novo visual ao motor 1.5 flex
Em altas velocidades, porém, a direção fica "boba" em excesso e a carroceria balança demais sobre os eixos, causando certa insegurança no motorista. Dá a impressão até de ter motor demais para o conjunto do carro. Já o câmbio manual apresenta melhor precisão no engate das marchas, se comparado aos primeiros J3 com motor 1.4 que chegaram por aqui.
Teste CARPLACE: JAC J3 S enfim une novo visual ao motor 1.5 flex
Se o J3 S podia ser mais firme na estrada, ele se mostra confortável no uso urbano diário. As suspensões independentes, do tipo McPherson na frente e dual link atrás, fazem com que as imperfeições quase não sejam transmitidas aos passageiros. Por fim, o consumo ficou em níveis medianos: 7,7 km/l no circuito urbano e 10,8 km/l no rodoviário, sempre usando etanol.
Teste CARPLACE: JAC J3 S enfim une novo visual ao motor 1.5 flex
No geral, o JAC J3 ganhou fôlego com a versão S Flex, mas ainda está longe de recuperar o período de "vacas gordas" de 2013, quando somou mais de 16 mil unidades vendidas. O que também não ajuda é a constante mudança de versões, estilo, motor e preços do J3, o que acaba desvalorizando o carro no mercado de usados e diminuindo a confiança do consumidor. Nos bastidores, analistas do setor dizem que a JAC só voltará a ter destaque quando inaugurar sua fábrica no Brasil, o que não deverá acontecer antes de 2016. Texto e fotos: Diogo Dias
Teste CARPLACE: JAC J3 S enfim une novo visual ao motor 1.5 flex
Motor: dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 16 válvulas, comando variável de válvulas, 1.499 cm³, flex; Potência: 125/127 cv a 6.000 rpm; Torque: 15,5/15,7 kgfm a 4.000 rpm; Transmissão: câmbio manual de cinco marchas, tração dianteira; Direção: hidráulica; Suspensão: independente McPherson na dianteira e independente, com braços duplos e molas helicoidais ; Freios: discos ventilados na dianteira e tambores na traseira, com ABS; Rodas: liga leve aro 15 com pneus 185/60 R15; Peso: 1.060 kg ; Capacidades: porta-malas 350 litros, tanque 48 litros; Dimensões: comprimento 3.960 m, largura 1.650 m, altura 1.460 m, entreeixos 2.400 m. Medições CARPLACE Aceleração 0 a 60 km/h: 4,9 s 0 a 80 km/h: 7,1 s 0 a 100 km/h: 10,8 s Retomada 40 a 100 km/h em 3a marcha: 11,2 s 80 a 120 km/h em 4a marcha: 12,2 s Frenagem 100 km/h a 0: 43,7 m 80 km/h a 0: 26,3 m 60 km/h a 0: 14,5 m Consumo Ciclo cidade: 7,7 km/l Ciclo estrada: 10,8 km/l Números do fabricante Aceleração 0 a 100 km/h: 9,7 s Consumo cidade: N/D Consumo estrada: N/D Velocidade máxima: 197 km/h
Teste CARPLACE: JAC J3 S enfim une novo visual ao motor 1.5 flex

Teste CARPLACE: JAC J3 S enfim une novo visual ao motor 1.5 flex

Foto de: Redação