Mini busca parceria para desenvolver modelo de entrada menor que o Cooper

Com o crescimento da recém-apresentada nova geração do Cooper, que ficou maior e mais parruda, a Mini enxergou que seu portfólio necessita de um novo carro compacto de entrada. Em entrevista concedida ao portal AutoGuide, Pat McKenna, chefe de Produto da marca, afirmou que a ideia de lançar um modelo de menor porte vem sendo bastante estudada entre os executivos, mas a falta de uma plataforma tem atrapalhado o projeto.
Mini busca parceria para desenvolver modelo de entrada menor que o Cooper
Apresentada junto com o novo Cooper, a moderna base UKL não oferece condições estruturais para poder ser encurtada e, dessa forma, acomodar um modelo com menos de 3,5 metros de comprimento. Diante dessa limitação, a Mini busca uma montadora especializada em compactos para fechar parceria e compartilhar uma arquitetura. Para McKenna, um novo veículo de entrada terá impacto bastante positivo nas vendas globais da marca.

Mini busca parceria para desenvolver modelo de entrada menor que o Cooper

Foto de: Dyogo Fagundes