Confira lista dos dez maiores recalls dos EUA em 2013

A NHTSA é o principal órgão de segurança rodoviária dos EUA e uma das referências quando o assunto é investigar possíveis defeitos em grande escala nos carros que são vendido por lá, atuando de maneira bastante rígida. O fato é que, em 2012, cerca de 18 milhões de carros precisaram passar por recall naquele país. E, pelo que parece, em 2013 os números não serão menores. Confira nossa lista com os dez maiores casos de recall dos EUA em 2013:
Confira lista dos dez maiores recalls dos EUA em 2013
10 - Crysler: ao todo foram envolvidas 442 mil unidades, que incluíram os seguintes modelos: Chrysler Sebring (2011-2013), Chrysler 200 (2011-2013), Chrysler Avenger (2011-2013), Jeep Liberty (2011-2012) e o SUV Dodge Nitro (2011-2012). O problema era justamente no apoio de cabeça ativo, que não era tão ativo como prometido pela montadora e poderia falhar em caso de acidente.
Confira lista dos dez maiores recalls dos EUA em 2013
9 - BMW: trata-se do maior recall da marca. Foram 500.545 unidades afetadas. Os modelos Série 1 cupê e conversível (2008-2012), Série 3 sedã em todas suas carrocerias (2007-2011) e o roadster Z4 (2009-2011) precisaram comparecer nas concessionárias da marca pelo risco de uma pane no sistema elétrico causar a parada total do carro.
Confira lista dos dez maiores recalls dos EUA em 2013
8 - Toyota: a maioria das últimas chamadas de recall da Toyota é por causa dos airbags defeituosos. Com os Toyota Corolla, Matrix, Sequoia, Tundra e Lexus SC 430 produzidos entre 2001 e 2003 não foi diferente. Ao todo 510 mil veículos foram afetados.
Confira lista dos dez maiores recalls dos EUA em 2013
7 - Honda: o sedã Civic (2001-2003), o SUV CRV (2002-2003) e a minivan Odyssey (2002), foram convocados urgentemente para recall, pois estavam equipados com airbags defeituosos, que poderiam causar ferimentos graves em caso de colisão para os passageiros. O total foi de 561 mil unidades envolvidas.
Confira lista dos dez maiores recalls dos EUA em 2013
6 - KIA: envolveu 623.658 unidades de cinco modelos. Entre eles estavam: Rondo (2007-2010), Sportage (2007-2010), Sorento (2007-2011), Sedona (2007), Alma (2011) e Optima (2011). A luz de freio não acendia quando acionada, expondo o veículo a uma colisão traseira.
Confira lista dos dez maiores recalls dos EUA em 2013
5 - Subaru: o chamado foi para corrigir uma falha na fiação da iluminação do carro, que poderia causar curto circuito. A Subaru convocou o Forester (2009-2012), Legacy (2010-2011), Outback (2010-2011) e o Tribeca (2006-2012). Foram 633.842 unidades envolvidas.
Confira lista dos dez maiores recalls dos EUA em 2013
4 - Honda: este recall da Honda envolveu somente dois modelos, o SUV Pilot (2009-2013) e a minivan Odyssey (2011-2-13), porém afetou um número considerável de unidades. Mais de 748 mil carros estavam com problema no airbag do motorista, que poderia não inflar.
Confira lista dos dez maiores recalls dos EUA em 2013
3 - Toyota: ao todo foram 752 mil unidades afetadas, entre elas estavam o hatch Matrix e o sedã do Corolla (2003-2004). O problema estava localizado no módulo de controle do airbag.
Confira lista dos dez maiores recalls dos EUA em 2013
2 - Hyundai: podemos afirmar que este recall realizado pela Hyundai está entre os cinco maiores que a marca já realizou no mundo. Os modelos Accent (2007-2009), Tucson (2007-2009), Santa Fé (2007-2011), Veracruz (2008-2009), Genesis Coupé (2010-2011) Sonata (2011) precisaram ser verificados. Foram mais de um milhão de unidades convocadas pelo problema na luz de freio, sendo que o mesmo defeito foi identificado na empresa-irmã Kia (confira na posição 6).
Confira lista dos dez maiores recalls dos EUA em 2013
1 - Chrysler: este foi o maior recall anunciado em 2013 até o momento. O chamado afetou 2,7 milhões de veículos, entre eles o Jeep Grand Cherokee (1993-2004) e o Liberty (2002-2007). O problema estava no tanque do carro, que devido ao posicionamento das peças poderia causar a explosão do veículo em uma colisão traseira.

Confira lista dos dez maiores recalls dos EUA em 2013

Foto de: Redação2