Opel decide fechar fábrica da Zafira na Alemanha

A crise europeia fez mais uma vítima. A Opel, subsidiária alemã da General Motors, decidiu fechar a planta de Bochum, que opera há 50 anos. A fábrica, que produz o modelo Zafira, encerrará suas atividades até o final do ano, fazendo com que três mil empregados sejam dispensados. A maior possibilidade é a de que a fábrica de Ruesselsheim assuma a produção da Zafira. As informações são do site Automotive News. De acordo com a Opel, o plano foi aprovado pelo seu conselho, que inclui quatro executivos da GM. A marca também disse que vai arcar com as responsabilidades e apoiar iniciativas para melhorar a situação de Bochum. A cidade fica na região de Ruhr, no noroeste da Alemanha, que tem a mineração de carvão como atividade principal e está em uma fase decadente. A iniciativa visa fazer a GM encerrar um ciclo de prejuízos na Europa em 2015, ano em que ela completaria uma marca incômoda: 15 anos de prejuízos seguidos no continente. Principal problema no mercado automotivo continente europeu, a baixa demanda já causou corte de produção das fabricantes. Em março, o mercado local registrou 10,3% de queda nas vendas.