Salão de Milão: Kawasaki Z1000 2014 está mais invocada e potente

A naked topo de linha de Kawasaki chega renovada para a linha 2014, como apresenta a marca durante o Salão de Milão. Apesar de manter a base mecânica do modelo anterior, a moto recebeu um design mais agressivo e melhorias técnicas.
Salão de Milão: Kawasaki Z1000 2014 está mais invocada e potente
Em termos visuais, a Z1000 ficou mais invocada: os faróis ficaram menores e as linhas gerais estão mais angulosas, seguindo o que havia sido apresentado pela nova Z800. Trata-se do estilo apelidado pela Kawa de "Sugomi", que remete a um predador agachado pronto para o ataque. Também da Z800 veio o grafismo em "Z's" no tecido do banco, enquanto os piscas dianteiros deixaram a carenagem e foram para a posição tradicional, de acordo com a mudança feita na irmã caçula ER-6N na troca para a atual geração.
Salão de Milão: Kawasaki Z1000 2014 está mais invocada e potente
Na mecânica, o motorzão quatro cilindros de 1.043 cc recebeu ajustes que permitiram elevar a potência em 4 cv, chegando a expressivos 142 cv totais. Fora isso, todo o conjunto foi revisto: chassi, pinças de freio dianteiras e garfo de suspensão, agora com pistões maiores. Por fim, o tanque foi ampliado para 17 litros.
Salão de Milão: Kawasaki Z1000 2014 está mais invocada e potente
No Brasil, as últimas unidades da linha 2012 da Z1000 estão sendo vendidas com desconto (veja preços), indicando que o novo modelo pode pintar em 2014. A Kawasaki costuma apresentar suas novidades mundiais por aqui em, no máximo, seis meses.

Salão de Milão: Kawasaki Z1000 2014 está mais invocada e potente

Foto de: Daniel Messeder