Schreyer: Hyundai e Kia devem distanciar mais seus modelos

Recentemente Peugeot e Citroën adotaram posicionamentos diferentes no mercado europeu e a estratégia parece que também vai ser seguida pela dupla Hyundai e Kia. E em um nível global. De acordo com Peter Schreyer, chefe de design do grupo e presidente da Kia, as marcas devem se distanciar e evitar ao máximo a sobreposição de modelos. Para o executivo, situações como a dos hatches Kia Cerato/Forte, Cee'd e Hyundai i30, que são muito semelhantes, devem ser evitadas. O mesmo vale para os crossovers Sorento e Santa Fe. "Nós poderíamos diferenciar mais os modelos, de modo que cada um tivesse de fato um propósito diferente", disse. Schreyer afirmou ainda que os próximos lançamentos passarão por um grande evolução no design e, no caso da Hyundai, serão atualizados a cada três anos.