Peugeot 308 ganha câmbio automático de seis marchas na versão Allure 2.0

Depois do sedã 408, agora é a vez do hatchback 308 ganhar o aguardado câmbio automático sequencial de seis velocidades para a versão Allure equipada com o motor 2.0 de 151 cv. Até então, o câmbio estava disponível apenas com o motor 1.6 THP. Para otimizar o funcionamento da caixa AT6 com o motor 2.0L foram desenvolvidas novas linhas de admissão de ar e de escape, além de uma calibração específica para o motor, privilegiando o conforto na utilização da função “Drive” e, ainda, proporcionando uma condução mais dinâmica no modo “Sport”. A implantação do câmbio AT6 associado ao motor 2.0L 16V VVT Flex de 151 cv e torque máximo de 22 kgfm gerou ganhos de performance, tendo como principais destaques acelerações e retomadas, e a redução no consumo de combustível.
Peugeot 308 ganha câmbio automático de seis marchas na versão Allure 2.0
Nas acelerações de 0 a 100 km/h, houve uma melhora de 0,8 s comparado ao câmbio de quatro velocidades, pois a caixa AT6 tem relações mais curtas em 1ª e 2ª marchas. O mesmo ocorreu quanto às retomadas, principalmente de 80 km/h a 120 km/h, no qual o tempo foi reduzido em 0,5s. Em relação ao consumo, a melhora foi de 5% em relação ao câmbio mais antigo. Suspensão Para o ano modelo 2014, o 308 recebeu leves modificações no conjunto de suspensão aplicadas a toda gama do modelo.
Peugeot 308 ganha câmbio automático de seis marchas na versão Allure 2.0
No eixo traseiro foram trocadas as buchas de articulação, que agora estão mais macias, e colocado um calço de elastômero no apoio da mola com a carroceria. No eixo dianteiro, foi aplicado um novo apoio superior da mola, que também contribui para a melhor filtragem das irregularidades do piso.

Peugeot 308 ganha câmbio automático de seis marchas na versão Allure 2.0

Foto de: Julio Cesar