Bosch produzirá sistema Start&Stop no Brasil a partir de 2014

A Bosch confirmou que passará a produzir no Brasil dentro de um ano o sistema de desligamento do motor conhecido como Star&Stop. Usado em boa parte dos veículos vendidos nos Estados Unidos e na Europa, o dispositivo desativa o funcionamento do propulsor em paradas curtas, como em semáforos, e tem o objetivo de reduzir o consumo e a emissão de gases poluentes. A produção do componente será concentrada na fábrica da marca em Campinas (SP) a partir de 2014, época em que o primeiro veículo nacional estreará a tecnologia. Segundo rumores, a escolha do modelo já foi definida, mas contratos comerciais obrigam a marca a fazer mistério. Sabe-se apenas que os testes de durabilidade foram feitos com um Fiat Idea 1.4 e um Volkswagen Polo 1.6. Os resultados alcançados chegam a 20% de redução no consumo.
Bosch produzirá sistema Start&Stop no Brasil a partir de 2014
Nos veículos com câmbio manual, o Start&Stop desliga o motor no instante em que o motorista freia, aciona a embreagem e desengata a marcha. Assim que a embreagem é pressionada novamente, o propulsor automaticamente religa. No caso dos modelos equipados com câmbio automático a mesma operação acontece ao se pisar no freio, parar e retomar o acelerador. Na Europa o item é amplamente usado e só a Bosch o fornece para mais de 30 veículos há quase 10 anos. A legislação local concede descontos na taxa de licenciamento que chegam a € 1 mil (quase R$ 3 mil) para os modelos equipados com o equipamento. A má notícia, porém, é que o Start&Stop brasileiro nasce duas gerações atrás da versão mais moderna oferecida hoje no Velho Continente.

Bosch produzirá sistema Start&Stop no Brasil a partir de 2014

Foto de: Dyogo Fagundes