Salão de Buenos Aires: Fiat apresenta 500L e cogita fabricação no Brasil

Em posicionamento oficial durante a coletiva de imprensa no Salão de Buenos Aires, a Fiat afirma que o 500L não será comercializado no Brasil, ao menos por enquanto. O monovolume é produzido somente na Sérvia, o que tornaria o seu preço inviável por aqui. Por outro lado, a concorrência cresce nesse segmento, e indiretamente pressiona a fabricante para produzir o modelo na nova fábrica de Goiana (PE), que vai operar a partir de 2015. Caso isto aconteça, as variantes Trekking e 500X automaticamente passam a ser opções da gama.
Salão de Buenos Aires: Fiat apresenta 500L e cogita fabricação no Brasil
Importado diretamente da Sérvia, o 500L será lançado no mercado argentino no segundo semestre, equipado com o motor 1.4 16V de 95 cv sempre associado a um câmbio manual de seis marchas. Para o Brasil, o planejamento é mais complexo, e a Fiat precisa ter cautela ao coloca-lo em prática. A futura fábrica em Pernambuco terá estrutura para produzir 250 mil carros por ano, com prioridade para dois produtos, sendo um deles o projeto 500X.

Salão de Buenos Aires: Fiat apresenta 500L e cogita fabricação no Brasil

Foto de: Fábio Trindade