Vendas na Europa caem e voltam ao patamar de 20 anos atrás

Enfrentando uma das piores crises econômicas de sua história, a Europa (incluindo toda a União Europeia mais Suíça, Islândia e Noruega) vê seu mercado automotivo encolher cada vez mais. De acordo com informações da ACEA (associação que reúne as fabricantes do continente) e da Automotive News, as vendas do último mês de maio encolheram 6% em relação ao mesmo período de 2012 e voltaram ao mesmo patamar alcançado em maio de 1993.
Vendas na Europa caem e voltam ao patamar de 20 anos atrás
De acordo com o órgão, foram vendidos 1,08 milhão de veículos em maio deste ano contra 1,15 milhão do ano passado. Entre as principais montadoras, o grupo PSA amarga quedas de 12% para a Peugeot e 15% para a Citroën; a Fiat recuou 6%, a Alfa Romeo 25%, a Chrysler/Lancia 22%, a Opel/Vauxhall 8%, a Chevrolet 23%, a Volkswagen 7% e a Ford apenas 0,5%. Entre as premium, a Audi acumula diminuição de 4%, a BMW de 7% e a Lexus de 33%.
Vendas na Europa caem e voltam ao patamar de 20 anos atrás
Na contramão do baixo crescimento, a Dacia avançou 16% (apesar de as vendas da Renault terem caído 18%), a Seat 13% e a Mercedes, a despeito das compatriotas Audi e BMW, cresceu 2,6%, graças principalmente a lançamentos recentes como o sedã CLA e as novas gerações do Classe A e do Classe B.

Vendas na Europa caem e voltam ao patamar de 20 anos atrás

Foto de: Dyogo Fagundes