Próxima geração do Mustang poderá perder versão Shelby GT500

Com lançamento programado já para o ano que vem, a nova geração do Mustang chegará ao mercado para comemorar o aniversário de 60 anos do eterno muscle car e aos poucos vai tendo detalhes revelados. Depois de ter confirmado o uso de um moderno sistema de suspensão independente na traseira, abandonando de vez o eixo rígido, novas informações revelam que o esportivo poderá perder a mítica versão Shelby GT500.
Próxima geração do Mustang poderá perder versão Shelby GT500
De acordo com o site Left Lane, está em discussão dentro da equipe de marketing da Ford a substituição da variante topo de linha Shelby pelo modelo SVT Cobra. O motivo da mudança não foi revelado, mas é certo também que o conjunto mecânico da versão, que atualmente conta com um motor 5.8 V8, passará por algumas transformações.
Próxima geração do Mustang poderá perder versão Shelby GT500
Os modelos de entrada, como já esperado, continuarão sendo equipados com um motor V6, enquanto os intermediários trarão sob o capô um inédito bloco de quatro cilindros 2.3 EcoBoost com aproximadamente 350 cavalos de potência. Para que quiser um pouco mais de desempenho, a versão GT terá um 5.0 V8 de 450 cavalos.

Próxima geração do Mustang poderá perder versão Shelby GT500

Foto de: Dyogo Fagundes