Carros autônomos: GM mostra o sistema Super Cruise, previsto para 2020

Depois da Nissan anunciar que os carros autônomos serão viáveis em sete anos, a GM confirmou os planos de oferecer veículos semi-autônomos equipados com o sistema Super Cruise até 2020. Diferente do sistema autônomo da Nissan, o Super Cruise não permite que o carro assuma completamente o comando. Na verdade, ele assume o controle apenas em certas circunstâncias em rodovias. Em resumo, ele usa câmeras para manter o carro entre as faixas e um sensor para manter uma distância segura dos veículos à frente. Além disso, ele pode desviar de outros veículos ou obstáculos no caminho, ou ainda parar completamente.
Carros autônomos: GM mostra o sistema Super Cruise, previsto para 2020
O sistema foi demonstrado com sucesso em testes com um Cadillac SRX. No entanto, o motorista não ficará totalmente ausente da condução. O carro pode ser dirigido manualmente e os engenheiros da GM prometeram projetar o sistema de forma a priorizar o estilo de condução do motorista. John Capp, diretor da área de tecnologia de segurança ativa da General Motors, estima que entre 20 ou 30 anos esta tecnologia seja predominante nas estradas.

Carros autônomos: GM mostra o sistema Super Cruise, previsto para 2020

Foto de: Julio Cesar