Nova geração do Fiat 500 não será mais produzida no México

De acordo com o automotive news, o grupo FIAT planeja concentrar toda a produção global da próxima geração do Fiat 500 na sua fábrica da Polônia. Com isto, o mini carro deixaria de ser produzido no México a partir de 2015. A nova geração do Fiat 500 passará a ter uma única plataforma e será vendido globalmente. Um dos motivos seria a redução de custos, considerando que hoje, o modelo norte-americano e o europeu possuem plataformas diferentes. A Fiat investiu 300 milhões de euros para lançar o 500 europeu, enquanto a Chrysler, que fabrica o 500 norte-americano sob licença da Fiat, investiu US$ 550 milhões para produzir 120.000 unidades por ano na unidade de Toluca, México.
Nova geração do Fiat 500 não será mais produzida no México
Produzir o 500 apenas na Polônia ajudará a Fiat a aproveitar toda a capacidade da fábrica polonesa, bem como liberar espaço em Toluca para a Chrysler poder montar outros modelos para os EUA. No Salão de Detroit em janeiro, Sergio Marchionne afirmou que a a Chrysler norte-americana está próxima do limite de capacidade de produção. Ele também confirmou os planos da Chrysler de produzir 2,8 milhões de unidades em 2014, e que antes de abrir uma nova fábrica na América do Norte vai aproveitar toda a capacidade das unidades europeias. Em Toluca, são produzidos o Fiat 500, Dodge Journey e também o Fiat Freemont destinado à Europa, América do Sul e China. Fonte: Autonews

Nova geração do Fiat 500 não será mais produzida no México

Foto de: Julio Cesar