Bosch comemora dois milhões de ABS fabricados no Brasil

A Bosch completa a marca de dois milhões de freios ABS (antitravamento) produzidos no mercado nacional. Esses números são alcançados poucos meses antes de entrar em vigor a legislação que obriga todos os carros novos fabricados no Brasil a saírem de fábrica equipados com esse tipo de freio e airbags frontais. A produção do dispositivo no país pela marca começou em 2007. Além do crescimento da presença do ABS, a taxa de instalação do airbag também registrou aumento no último ano. Segundo pesquisa realizada pela Bosch, com base em estatísticas de vendas, 48% dos novos veículos de passageiros licenciados entre janeiro e dezembro de 2012 tinham freios ABS, representando um volume 14% maior que em 2011. No quesito segurança passiva, o estudo também mostrou que houve crescimento na taxa de instalação de airbags frontais para motorista e passageiro em nove pontos percentuais, de 45% em 2011 para 56%, em 2012. "A Bosch iniciou a produção de ABS no Brasil em 2007, ou seja, antes mesmo da legislação entrar em vigor. Isso reforça o nosso pioneirismo em tecnologias que proporcionem mais segurança aos usuários e confiança no mercado nacional", afirma Carlo Gibran, gerente de vendas da divisão Chassis Systems Control da Bosch América Latina. Além disso, 12% desses novos veículos saíram de fábrica equipados com ESP - o controle de estabilidade - o que representa um crescimento de 3% em relação ao ano passado. O sistema ESP já conta com a funcionalidade ABS incluída. "A Bosch investiu, no último ano, cerca de R$ 20 milhões na instalação de uma nova linha de produção de ABS e ESP, ambos de nona geração. Com o conceito de produção flexível, essa nova linha permitirá a Bosch ser a primeira empresa a produzir o ESP na América Latina", reforça Gibran.
Bosch comemora dois milhões de ABS fabricados no Brasil
Ainda segundo o executivo, dependendo da demanda do mercado, a Bosch poderá acionar uma linha adicional de ABS de nona geração ainda no segundo semestre deste ano para aumentar a capacidade produtiva para 1.8 milhão de módulos por ano. ESP salva vidas "O crescimento do número de carros equipados com ESP no último ano, ainda que singelo, mostra que já há uma tendência em aumentar a segurança dos usuários de veículos automotores", ressalta Carlo Gibran. Segundo o executivo, depois do cinto de segurança, o ESP é um dos sistemas de segurança mais importantes do automóvel. As Nações Unidas consideram o sistema uma maneira eficiente de reagir contra o aumento recorrente do número de mortes nas estradas. De acordo com estudos, esse sistema de segurança ativa pode evitar até 80% dos acidentes causados por derrapagens. Por esse motivo, cada vez mais países estão exigindo que os automóveis novos saiam da fábrica com o ESP como equipamento padrão.
Bosch comemora dois milhões de ABS fabricados no Brasil
Na Europa, ele já está presente em todos os veículos desde outubro de 2011. Nos Estados Unidos o sistema é obrigatório em todos os veículos de até 4,5 toneladas. Regulamentações semelhantes entrarão em vigor nos próximos anos na Austrália, Japão, Coréia e Rússia. Atualmente, em todo o mundo, 51% dos automóveis de passeio novos e veículos comerciais leves estão equipados com o ESP.

Bosch comemora dois milhões de ABS fabricados no Brasil

Foto de: Julio Cesar