Volkswagen entra com recurso e liminar que determinava recall de 400 mil carros é suspensa

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul confirmou em nota que revogou a decisão liminar que obrigava a Volkswagen a fazer um recall para cerca de 400 mil veículos em todo o país. O chamado tinha o objetivo de verificar o desgaste prematuro dos motores 1.0 VHT dos modelos Gol, Fox e Voyage fabricados em 2009. A decisão é do desembargador Carlos Cini Marchionatti, que deu provimento ao recurso interposto pela montadora. De acordo com o magistrado, o recall poderia gerar uma situação irreparável, que afetaria a reputação da VW e poderia onerar toda a indústria automobilística brasileira. "Alia-se ao exposto o caráter público e notório de que a Volkswagen do Brasil prima pela qualidade da sua produção e dos serviços das concessionárias autorizadas, peculiar às fábricas de veículos automotores, produção e serviços submetidos às exigências técnicas mais rigorosas", completou Marchionatti. Fonte: G1