Carro mais barato da Inglaterra, novo Sandero agrada em avaliação de revista local

Carro mais barato da Inglaterra, novo Sandero agrada em avaliação de revista local
O que esperar de um carro de 6 mil libras (cerca de R$ 20 mil)? Esse é o preço de entrada do novo Dacia Sandero na Inglaterra, valor que faz dele o automóvel mais barato na terra da Rainha. A publicação local Autoexpress avaliou a versão intermediária, com o novo motor 0.9 TCe de três cilindros, e ficou bem impressionada com o modelo. Veja o como anda a nova geração do hatch que chegará ao Brasil no segundo semestre de 2013. A primeira boa surpresa, segundo a reportagem, vem do motor compartilhado com o novo Clio 4. A unidade triclíndrica com turbo gera 89 cv de potência, suficientes para acelerar de 0 a 100 km/h em 11,1 s. Elogiaram o baixo nível de ruído em ponto morto e leves acelerações, sem apresentar a vibração típica desse tipo de motor. Apenas quando se força uma esticada de marcha até o limite de giros é que o propulsor não mostra a mesma suavidade. Como no Sandero atual, a dirigibilidade em altas velocidades não é divertida - há uma certa demora entre o comando da direção e o carro realmente virar, além de a carroceria inclinar bem nas entradas de curva. Essa "sedação", porém, deixa o carro confortável e macio na estrada - tanto quanto o novo Clio, na opinião do jornalista. A reportagem também destaca que os freios ABS, o controle de estabilidade e quatro airbags são de série em toda a linha. Sobre o estilo, a opinião é de que a Dacia fez o que pôde dentro de um projeto de baixo custo - as janelas são as mesmas do Logan e Duster, por exemplo. O Sandero não vai ganhar concurso de beleza, mas também não vai ofender ninguém. Cá pra nós, o modelo ficou bem mais interessante que a versão atualmente vendida no Brasil.
Carro mais barato da Inglaterra, novo Sandero agrada em avaliação de revista local
A qualidade do interior foi apontada como melhor do que a esperada, pelo preço do carro. Claro que não há materiais suaves ao toque, mas os plásticos também não têm aquela aparência brilhante típica de modelo pobre. Há elogios para o acabamento com aplique grafite em torno do console central e para os bem esculpidos bancos dianteiros. O espaço, como já é característica do Sandero, se manteve muito bom. O texto diz que três adultos se acomodam sem problemas no banco traseiro e que o porta-malas, com 320 litros de capacidade, é 54 litros maior que o do novo Clio.
Carro mais barato da Inglaterra, novo Sandero agrada em avaliação de revista local
A lista de equipamentos é simples, com opcionais como ar-condicionado, travas elétricas, vidros dianteiros elétricos e CD player com Bluetooht e entrada USB, além de rodas aro 15. A melhor novidade fica por conta da central de entretenimento (que inclui GPS) com tela de sete polegadas sensível ao toque. O sistema é semelhante ao já oferecido pelo Duster no mercado brasileiro, e também estará disponível no novo Sandero nacional. Em resumo, a Autoexpress conclui que o novo Sandero agrada pelo espaço, conforto e dirigibilidade tranquila. Tudo isso com preço de carro usado. No Brasil, o modelo receberá o motor 1.0 16V atualizado do Clio, de 80 cv e mais econômico, além do 1.6 8V de 106 cv do modelo atual. Para que a boa relação custo-benefício seja mantida, não são esperadas grandes alterações nos preços. O lançamento acontecerá no segundo semestre de 2013, com produção em São José dos Pinhais (PR) ao lado da versão aventureira Stepway e do novo Logan.
Carro mais barato da Inglaterra, novo Sandero agrada em avaliação de revista local
Fonte: Autoexpress

Carro mais barato da Inglaterra, novo Sandero agrada em avaliação de revista local

Foto de: Daniel Messeder