Renault provoca Ferrari e insinua que o "vermelho" amarelou

Para querer provocar uma marca tão tradicional como a Ferrari, é preciso ter um argumento muito forte. E a Renault tem: foi campeã mundial de Fórmula 1 fornecendo motores para a Red Bull Racing, escuderia que levou o título mundial de construtores e que também abocanhou o mundial de pilotos com Sebastian Vettel. Por conta disso, a Renault disse que em algumas peças bem humoradas que o "vermelho está morto".
Renault provoca Ferrari e insinua que o "vermelho" amarelou
Com o título "Red Is Dead", a campanha publicitária da Renault debocha a derrota da escuderia italiana ao substituir o vermelho - cor característica da Ferrari - pelo amarelo. Entraram na lista a famosa cabine telefônica britânica, batom, caminhão de bombeiro e até mesmo um pote de vidro de ketchup (aí confunde com mostarda).
Renault provoca Ferrari e insinua que o "vermelho" amarelou
A ação bem humorada não levou em consideração um fato histórico: a Ferrari nasceu com o amarelo como cor oficial original. Nos anos 20, a marca italiana assumiu a cor vermelha porque era necessário uma cor associada ao país para ser utilizada em competições internacionais.
Renault provoca Ferrari e insinua que o "vermelho" amarelou
Clique nas imagens para ver em alta resolução.

Renault provoca Ferrari e insinua que o "vermelho" amarelou

Foto de: Fábio Trindade