Fiat considera lançar Punto, Bravo e Panda na Austrália

A montadora italiana Fiat tem planos expandir seu portfólio e lançar os modelos Panda, Bravo e Punto na Austrália. Os planos incluem também a mudança do importador local Ateco Automotive para a nova subsidiária local Fiat-Chrysler. A Ateco havia diminuído a oferta local de modelos da Fiat deixando apenas algumas variações do compacto Fiat 500, porém o grupo Fiat-Chrysler Austrália diz que tem ambições maiores para a marca, junto com a linha Alfa Romeo que também será comercializada pela Ateco. "Um dos nossos principais objetivos é aumentar o volume de vendas da Alfa Romeo e dos modelos Fiat, e uma das maneiras óbvias é ampliar a gama de produtos", disse o porta-voz da Fiat-Chrysler Austrália Lenore Fletcher.
Fiat considera lançar Punto, Bravo e Panda na Austrália
"Nós enxergamos muitas possibilidades nesse negócio. Temos que escolher em primeiro lugar os veículos que estão disponíveis com a mão direita e depois acompanhar o desempenho das vendas e ver se eles deslancham." O Fiat Panda é um dos modelos que a Fiat-Chrysler Austrália está considerando, incluise o novo mini-SUV baseado no 500L de tração integral anunciado esta semana.
Fiat considera lançar Punto, Bravo e Panda na Austrália
O Panda é um dos modelos pequenos com o visual bonito dentro do leque de opções da Fiat, e é oferecido com uma gama de motores na Europa que inclui o 0.9-litro de dois cilindros a gasolina "TwinAir", o 1.2 litros a gasolina e 1.3 litros turbo diesel. O compacto Fiat Punto e o rival da Fiat para o Ford Focus e Mazda3, o Bravo, também poderiam embarcar para a Austrália. Eles foram vendidos pelo importador Ateco por um curto período antes de o importador decidir se concentrar apenas na linha 500.
Fiat considera lançar Punto, Bravo e Panda na Austrália
Com 4,065 m de comprimento e três portas, o Punto tem uma ampla gama de motores que compreende os mesmos motores da linha Panda, bem como um trio de motores de 1.4 a gasolina, que incluem uma versão de maior potência com turbo. Já o Fiat Bravo pode ser alimentado pelos motor a gasolina 1.4, dois 1.6 turbo diesel e um diesel mais potente 2.0 litros turbo. A Fiat-Chrysler Austrália já confirmou que está interessado na derivação do Fiat 500, o 500L que é a resposta da marca italiana para o Mini Countryman e pode chegar a Austrália antes do final de 2013. Fonte: Caradvise

Fiat considera lançar Punto, Bravo e Panda na Austrália

Foto de: Julio Cesar