Brasileira Agrale mostrará utilitário Marruá em versão elétrica no Rio+20

A fabricante brasileira de utilitários Agrale mostrará a versão elétrica do jipe Marruá na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, que será realizada na capital fluminense entre os dias 13 e 22 deste mês. De acordo com a marca, o modelo foi batizado de AM 50 e desenvolvido em parceria com a usina hidrelétrica de Itaipu Binacional. Mecanicamente, o Marruá elétrico conta com tração nas quatro rodas e é equipado com um motor elétrico de 54 cv de potência e torque máximo de 13,3 kgfm. São usadas duas baterias de sódio (que se adaptam melhor ao clima tropical) recarregáveis que garantem uma autonomia de aproximadamente 100 quilômetros. "O modelo poderá ser utilizado em áreas de preservação, pois não polui e tem baixíssimo nível de ruído e não causa reflexos ou danos ao ecossistema e aos animais. Ele é ideal para atividades de caráter ambiental”, explica o diretor técnico da Agrale, Pedro Soares. A marca, no entanto, não confirmou se há planos de produzir o modelo em série. Por Dyogo Fagundes - Fonte: Agrale