Vendas de motores turbo devem chegar a 3,2 milhões de unidades na América do Norte neste ano

Depois de conquistar os europeus, os motores alimentados por turbo estão ganhando força agora na América do Norte. Abraçados especialmente por Ford e General Motors, que os usam em uma variedade infinita de modelos, os propulsores sobrealimentados devem atingir neste ano 3,2 milhões de unidades vendidas, contra 2,2 milhões do ano passado.
Vendas de motores turbo devem chegar a 3,2 milhões de unidades na América do Norte neste ano
A estimativa é da Honeywell, empresa que desenvolve e fornece turbocompressores para veículos, inclusive para os motores a gasolina de Dodge Dart e Fiat 500 Abarth, e as versões a diesel da Chevrolet Silverado e Volkswagen Touareg. O relatório confirma ainda que só os veículos de passeio representarão neste ano um adicional de 850.000 unidades neste total, um aumento de 61% sobre 2011.
Vendas de motores turbo devem chegar a 3,2 milhões de unidades na América do Norte neste ano
A empresa de consultoria LMC Automotive divulga também que enquanto apenas 2% dos modelos movidos a gasolina ou flex produzidos nos Estados Unidos em 2008 foram equipados com turbocompressores, este número subiu para 9,5% em 2011 e deve chegar a 23,5% em 2017.
Vendas de motores turbo devem chegar a 3,2 milhões de unidades na América do Norte neste ano
A vendas de motores de oito cilindros, por outro lado, vêm caindo consideravelmente. Em 2008, por exemplo, os V8 representavam 18,3% das vendas de veículos novos, participação que caiu 14,6% em 2011 e 12,7% no primeiro trimestre deste ano. Já os quatro cilindros passaram de 42,7% em 2008 para 49,7% em 2011 e já somam 54% neste primeiro trimestre. Por Dyogo Fagundes - Fonte:  Honeywell / LMC Automotive

Vendas de motores turbo devem chegar a 3,2 milhões de unidades na América do Norte neste ano

Foto de: Dyogo Fagundes