Mercedes enfrenta dificuldades para retomar liderança global entre marcas de luxo, apontam analistas

Líder global de vendas entre as marcas Premium até 2005, quando foi superada pela BMW, a Mercedes-Benz está ficando para trás na disputa com as rivais alemãs – incluindo a Audi. De acordo com analistas especializados, a marca de Stuttgart vem perdendo espaço, dentre outras coisas, em virtude de uma estratégia de mercado desarticulada na China, da demora no lançamento de veículos de entrada e do envelhecimento da Classe S, top de linha.
Mercedes enfrenta dificuldades para retomar liderança global entre marcas de luxo, apontam analistas
A diferença em relação à Audi (2ª colocada), por exemplo, mais do que dobrou na comparação com os nove primeiros meses de 2011 e de 2012. Já a vantagem da líder BMW avançou 41% e chegou próxima das 150 mil unidades – média mensal de quase 17 mil unidades. Para se ter uma ideia, de acordo com estimativas da IHS Automotive, desde 2005 as vendas da Mercedes avançaram 19%, contra 31% da BMW e 70% da Audi. Em relação à China, enquanto a Mercedes cresceu 6,7% nos nove primeiros meses deste ano, as rivais avançaram acima de 30%. “A China definitivamente é uma área problemática”, afirmou Marc-Rene Tonn, analista da Wamburg Research.
Mercedes enfrenta dificuldades para retomar liderança global entre marcas de luxo, apontam analistas
Mas o panorama negativo pode mudar. A nova geração do Classe A, que acaba de chegar às concessionárias europeias, já recebeu mais de 70 mil encomendas. Para Frank Schwope, analista da Norddeutsche Landesbank, “a atual reformulação da Classe A e da Classe S, em breve, terão um efeito positivo”. Por Thiago Parísio / Fonte: Automotive News Europe

Mercedes enfrenta dificuldades para retomar liderança global entre marcas de luxo, apontam analistas

Foto de: Thiago Parísio