Polêmica: Prefeito de Nova Iorque quer “envergonhar” motoristas infratores

Conhecido por tomar medidas drásticas, o prefeito de Nova Iorque, Michael Bloomberg, agora quer instalar câmeras nos cruzamentos mais perigosos da cidade para identificar os condutores que insistem em burlar as leis de trânsito. Não faz muito tempo, o político havia proposto a instalação de 40 equipamentos de monitoramento responsáveis por identificar os veículos acima da velocidade, bem como os que avançassem o sinal vermelho ou utilizassem os corredores de ônibus. A proposta, entretanto, não foi aprovada e continua nas mãos dos deputados à espera de votação. Cansado de esperar, Bloomberg sugeriu uma alternativa enquanto projeto não vira lei: publicar as fotos e os nomes dos infratores como forma de envergonhá-los publicamente. Ainda de acordo com o prefeito nova-iorquino, tal medida, embora antipopular para alguns, seria uma forma de evitar novas tragédias e, consequentemente, zelar pela segurança dos cidadãos. Recentemente, Michael Bloomberg sugeriu a proibição da venda de bebidas doces e refrigerantes como mais de meio litro em restaurantes e salas de cinema para combater a obesidade. A medida também se estenderia aos estádios e aos vendedores ambulantes, mas não aos supermercados. Na ocasião, não foram poucos os que demonstraram seu descontentamento com o posicionamento do prefeito. Resta saber se agora, quando a questão continua a abordar os cuidados com a saúde, só que desta vez envolvendo o trânsito, os habitantes de Nova Iorque demonstrarão apoio ao prefeito que anda fazendo o que todos gostariam de fazer, mas não têm coragem para tanto. Por Michelle Sá / Fonte: Autoblog