“Marcas verdes”: Montadoras japonesas se destacam em pesquisa norte-americana

Oito montadoras foram destaque no relatório anual das "Melhores Marcas Verdes Internacionais". O ranking foi elaborado pela Interbrand a partir de dados de desempenho feitos pela consultoria Deloitte. Pelo segundo ano consecutivo, a Toyota foi apontada como a marca mais verde dentre as concorrentes. A experiência na produção e venda de veículos ecológicos, como o híbrido Prius bem como o esforço para tornar suas unidades mais sustentáveis foram suficientes para o reconhecimento da empresa japonesa. A pesquisa revelou que a indústria automotiva tem se destacado pelos investimentos quanto à adequação às regras de emissões, cada vez mais rígidas. O aumento da eficiência dos automóveis, a redução de seus impactos, assim como as práticas ambientais corporativas e a percepção dos consumidores sobre esses aspectos foram fundamentais para a análise dos critérios adotados para a eleição.
“Marcas verdes”: Montadoras japonesas se destacam em pesquisa norte-americana
O relatório também mencionou a Honda, terceira colocada no ranking e segunda entre as montadoras, por sua filosofia organizacional e preocupação com a sustentabilidade. A Volkswagen aparece em quarto lugar por conta de seus investimentos globais - US$ 700 milhões –, bem como pela proposta de melhorar entre 10 e 15 pontos percentuais a economia das novas gerações de seus modelos. A alemã BMW ficou com a décima posição. Contudo, suas atitudes ambientais ainda são desconhecidas por grande parte do público. No ranking também foram citadas a Ford (15ª colocada), a Mercedes-Benz (16ª), a Hyundai (17ª) e a Nissan (21ª). Por Michelle Sá / Fonte: Automotive Business

“Marcas verdes”: Montadoras japonesas se destacam em pesquisa norte-americana

Foto de: Michelle Sá