Consumidor passa a exigir mais na hora de alugar um automóvel

Seja ele de luxo ou popular a verdade é que os consumidores passaram a exigir mais na hora de alugar um automóvel. Itens como direção hidráulica, GPS e cadeirinhas para bebês se tornaram acessórios de primeira necessidade para diversos clientes das empresas de aluguéis de carros. Segundo a Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (Abla), 67% dos clientes são de pessoas casadas e 90% conta com curso superior. A faixa etária varia de 25 a 45 anos e é formada, principalmente, por homens (78%). Outro dado discutido pela entidade, durante a apresentação de seu anuário 2010, foi o aumento da participação de carros médios para aluguel. “O cliente quer espaço no porta-malas”, ressaltou Paulo Gaba Júnior – presidente do conselho nacional da Abla. Em relação ao crescimento do setor, entre 2009 e 2010 somente 53 locadoras foram abertas. Tais números, no entanto, não impediram a obtenção de resultados positivos para quem já atuava na área. Prova disto foi o crescimento da frota para locação em 14% no mesmo período. Por outro lado, assim como tem ocorrido em outras áreas da indústria, o setor tem sofrido com a ausência de mão-de-obra qualificada. Para minimizar o problema, três mil novos funcionários estão sendo formados e os empregados, que já possuem alguma experiência no ramo, estão passando por cursos de aperfeiçoamento. Por: Michelle Sá / Fonte: Automotive Business (Mário Curcio)