Depois do anúncio do aumento da alíquota de IPI em 30 pontos percentuais para os carros importados, muitas dúvidas pairam na cabeça dos brasileiros. Uma delas é: "Vale a pena correr e comprar um carro importado fugir do pesado aumento agora e ter uma possível valorização em breve?"
Carro importado: Vale a pena comprar agora para aproveitar uma possível valorização?
Segundo presidente da ABEIVA (Associação Brasileira de Importadores de Veículos Automotores), José Luiz Gandini, que também é presidente da Kia Motors no Brasil, praticamente todos os importadores possuem estoque em que praticarão preços com a alíquota antiga por pelo menos 30 dias. No entanto, uma possível corrida às lojas de importados, como prevê Gandini, poderá fazer com que o estoque previsto para um mês acabe em uma semana, o que faria que o repasse do abusivo aumento chegue aos carros mais rapidamente. Para quem já estava pensando em comprar um modelo importado, é melhor apressar a decisão. Com a medida protecionista, o aumento do IPI deverá ser repassado ao preço final para os consumidores, o que poderá elevar o valor entre 25% e 28%. Se esta medida prevalecer, quem tem dinheiro e comprar agora poderá se "beneficiar" com uma valorização do veículo.

Carro importado: Vale a pena comprar agora para aproveitar uma possível valorização?

Foto de: Fábio Trindade