Petrobrás prevê dificuldades na produção de etanol até 2013

O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, afirmou que nos próximos dois anos o Brasil passará por momentos difíceis no que diz respeito à produção de etanol. O comunicado foi feito durante a audiência pública conjunta da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) e Comissão de Infraestrutura do Senado sobre royalties do pré-sal. Na ocasião, Gabrielli ressaltou que não se trata de um problema de estoque, mas sim de produção de cana-de-açúcar. "A safra brasileira de 2009 foi ruim, os investimentos do setor privado não cresceram e houve uma quebra de safra na Índia, um dos grandes exportadores de açúcar do mundo". O executivo também observou que não é interessante para a Petrobras que o preço do álcool passe por muitas variações. "Como produtores de gasolina, não queremos que o preço fique variando toda hora", explicou. Por Michelle Sá / Fonte: Automotive Business