Estudo: Veículos híbridos são mais seguros que as versões convencionais

Os modelos híbridos possuem a vantagem de ter maior economia de combustível sobre as versões a gasolina, mas de acordo com o estudo realizado pelo The Highway Loss Data Institute as baterias e motores elétricos os tornam também mais seguros ao menos para os ocupantes. O referido instituto estudou 25 modelos de 2003-2011 de veículos que contavam com motorizações convencionais e híbridas. O Toyota Prius e Honda Insight não foram incluídos no estudo pelo fato de não possuirem motorização convencional. Os dados mostram que os ocupantes tem 27% menos probabilidades de ser ferir em acidentes se estiverem na versão híbrida do veículo. Existem vários motivos pelas quais o híbrido é mais seguro, mas o principal fator é o peso. Carros mais pesados ​​são mais seguros do que os veículos mais leves, já que a massa adicionada significa que o veículo mais pesado irá neutralizar mais o impacto. Isso é bom para ocupantes e companhias de seguros.
Estudo: Veículos híbridos são mais seguros que as versões convencionais
Por outro lado, enquanto os híbridos são mais seguros para os ocupantes, a história é diferente para os pedestres. O HDLI verificou que veículos híbridos estão 20% mais propensos a se envolverem em acidentes de pedestres com lesões. O estudo afirma que os pedestres correm mais riscos de se envolver em acidentes porque eles não conseguem ouvir os carros quando estão no modo elétrico. E acrescenta ainda que a baixa resistência ao rolamento dos pneus muitas vezes contribuem para maiores distâncias de frenagem, e os híbridos sendo mais pesados ​​são mais lentos em manobras de emergência do que seus irmãos não-híbridos. Fonte: InautoNews

Estudo: Veículos híbridos são mais seguros que as versões convencionais

Foto de: Julio Cesar