Melhor trimestre da história para a Audi

Depois da BMW, agora é a vez da Audi comemorar. Com 312.600 unidades comercializadas a marca alemã anunciou um crescimento de 18,4% nas vendas acumuladas no 1º trimestre de 2011 em relação ao mesmo período de 2010.
Melhor trimestre da história para a Audi
Este resultado assegurou à montadora a vice-liderança do segmento Premium mundial, à frente da Mercedes-Benz (280.552) e pouco atrás da líder BMW (321.175). Em março, por exemplo, a montadora de Ingolstadt registrou 125.700 unidades, número 13,9% superior ao de março de 2010. O novo Audi A1 é uma das apostas para o bom desempenho ao longo do ano. Em março, o menor modelo da marca garantiu 13.880 unidades vendidas – desde janeiro já foram mais de 31 mil. Praticamente 60% de tudo o que foi vendido pela Audi ficou no continente europeu – foram 186.500 unidades, quase 15% de crescimento sobre 2010. A China é um mercado cada vez mais essencial para o bom desempenho de qualquer grande marca. Com mais de 64 mil unidades comercializadas, o gigante asiático consumiu mais de 20% do total vendido pela Audi em todo o planeta. Só em março foram mais de 23 mil unidades. Já os EUA ainda são um mercado para ganhar espaço: o acumulado chegou a 25.383 unidades, pouco mais do que o total vendido pela líder Mercedes (21.484) apenas em março. Por: Thiago Parísio / Fonte: Audi AG

Melhor trimestre da história para a Audi

Foto de: Thiago Parísio