Melhor 1º semestre da história para a Mercedes-Benz; Brasil contribui para resultado

Estado de graça em Stuttgart, Alemanha: com 120.510 veículos comercializados em junho em todo o planeta (6,4% a mais do que no ano anterior), a Mercedes-Benz comemora 610.531 unidades acumuladas nos seis primeiros meses de 2011. Este número é 9,7% superior ao de 2010 e representa o novo recorde histórico da marca da estrela de três pontas. O Brasil contribuiu para estes resultados. Em junho, por exemplo, a linha 2012 da Classe C atingiu seu recorde histórico de vendas no país (714 unidades) e contribuiu para que a Mercedes alcançasse seu melhor resultado no país, 1.016 unidades (34,7% acima de 2010). No acumulado do ano, a marca chegou às 3.942 unidades, 16% a mais. A China respondeu por 92.174 unidades deste total (+52,3% em relação às 60.511 unidades de 2010). Com o início da produção local de três novos modelos compactos, a Mercedes espera vender 300 mil unidades anuais no país em 2015. Na Alemanha, a marca se manteve à frente no segmento Premium e emplacou 123.013 unidades, das quais 26.747 apenas em junho. Nos EUA as vendas cresceram 13% em relação aos seis primeiros meses de 2010 e chegaram a 110.926 unidades. A nova Classe C, lançada no trimestre passado, viu suas vendas aumentarem 11,4% na comparação com o período entre janeiro e junho do ano passado – só em junho houve uma evolução de 18,7%. Já a Classe S manteve a liderança entre os veículos de alto luxo e, com 35.956 unidades comercializadas, cresceu 18,1% de um ano para o outro. A CLS, por fim, registrou uma evolução de 155,4%.
Melhor 1º semestre da história para a Mercedes-Benz; Brasil contribui para resultado
Por: Thiago Parísio / Fonte: Daimler AG

Melhor 1º semestre da história para a Mercedes-Benz; Brasil contribui para resultado

Foto de: Thiago Parísio