Mercedes-Benz registra 15% de crescimento em 2010

A Mercedes-Benz é outra marca que não tem do que reclamar do ano que passou. A alemã registrou vendas globais de 1.167.700 unidades em 2010, número 15,3% superior às 1.012.300 unidades comercializadas em 2009. A marca registrou ainda o melhor quarto trimestre de sua história, com 313.700 unidades e aumento de 14% sobre o total registrado no mesmo período do ano anterior – somente em dezembro saíram das concessionárias 108.100 novos veículos, 11% a mais do que as já expressivas 97.700 unidades do último mês de 2009. O crescimento mais expressivo no período foi registrado na China: as 18.300 unidades registradas em dezembro (94% a mais do que em 2009) contribuíram para que as vendas da marca alemã crescessem nada menos que 112% de 2009 para 2010 e saltassem de 70.100 para 148.400 unidades. Outros países com impacto positivo para a Mercedes foram a Rússia (19.700, +64%), a Coréia do Sul (16.500, +86%) e Brasil (7.500, +46%). Na América do Norte os resultados também foram representativos. Nos EUA, 2º mercado mundial mais importante para a marca, um crescimento de 14% foi conseqüência de 216.400 unidades comercializadas. Já no Canadá a Mercedes se tornou líder do segmento Premium após garantir 28.100 unidades vendidas, 16% a mais do que em 2009. Líder entre as marcas de luxo por mais um ano na sua Alemanha natal a Mercedes chegou a 265 mil unidades e garantiu o mesmo nível registrado no ano anterior (265.500 unidades em 2009), mesmo com a queda de aproximadamente 23% nas vendas totais do mercado alemão durante os 12 meses do ano passado. A situação dos modelos A Classe C se manteve como a linha mais bem-sucedida da marca de Stuttgart, com mais de 310 mil unidades. No ano passado foram 250.600 unidades do sedã (+11% em relação a 2009) e 62.900 da SW (+9%).
Mercedes-Benz registra 15% de crescimento em 2010
Já as vendas da Classe E em sua versão sedã atingiram 208.400 unidades e cresceram 32% no período. Já a Classe E SW cresceu 157% e chegou às 44.400 unidades, ambas líderes de suas categorias. A versão Coupé, com crescimento de 39%, vendeu 49.600 unidades. Ao todo a família de modelos intermediários da marca ultrapassou a barreira de 300 mil unidades. A Classe S, mesmo com a chegada de novos e importantes competidores, se manteve na liderança do segmento por mais um ano. Cresceu 25% e alcançou 66.500 novos consumidores no planeta. Já as Classes A e B, mesmo em fase final de carreira antes da chegada de suas novas gerações, se mantiveram estáveis e registraram um total de 222.400 unidades.
Mercedes-Benz registra 15% de crescimento em 2010
Para o ano de 2011 as boas expectativas têm a sua razão: a marca tem como “cartas na manga” a reestilização da Classe C, o lançamento da nova Classe C Coupé e as novas gerações da Classe B, da Classe M, da CLS e da SLK. Por: Thiago Parísio - Fonte: Daimler AG

Mercedes-Benz registra 15% de crescimento em 2010

Foto de: Fábio Trindade