Citroën tem aumento de 10% nas vendas graças ao Novo AirCross

Com a boa receptividade do Novo AirCross, a Citroën está comemorando o crescimento de 10,72% nas vendas de novembro em relação a outubro de 2010 e de 58,31% em relação a novembro de 2009. O novo SUV Compacto da Citroën contabilidade 1.519 emplacamentos.
Citroën tem aumento de 10% nas vendas graças ao Novo AirCross
No acumulado do ano, a Citroën emplacou 74.068 unidades, um crescimento de 17,16% sobre as 63.221 unidades comercializadas no mesmo período e o dobro da média do mercado brasileiro no período, de 8,46%. "Estamos comemorando nosso primeiro mês completo de vendas do Citroën AIRCROSS, um produto que tem demonstrado ótima aceitação por parte de nossos clientes e grande potencial comercial", afirma Ivan Ségal, presidente da Citroën do Brasil.
Citroën tem aumento de 10% nas vendas graças ao Novo AirCross
Além da boa receptividade do Citroën AIRCROSS, o compacto premium C3 também teve destaque nas vendas, com 3.504 emplacamentos no mês. No acumulado do ano, o C3 já registra 35.755 unidades licenciadas, um volume 15,70% superior ao do mesmo período de 2009 (30.905 unidades). O hatch médio C4, com 1.387 unidades, e o sedan C4 Pallas, com 925, também contribuíram, com volumes acumulados de 11.761 unidades (C4) e 10.794 unidades (C4 Pallas). A família de monovolumes da Citroën, que inclui os modelos Xsara Picasso, C4 Picasso e Grand C4 Picasso, fechou o mês passado com 890 unidades. No acumulado do ano, as vendas de monovolumes da marca já somam 10.454 unidades. Completam a gama Citroën o top C5, com 65 unidades, e o comercial Jumper, nas versões Minibus (177) e Furgão (15).

Citroën tem aumento de 10% nas vendas graças ao Novo AirCross

Foto de: Fábio Trindade