Latin NCAP divulga resultados dos testes em carros brasileiros

O NCAP, Programa de Avaliação de Carros Novos, acaba de chegar na América Latina já mostrando serviço. O órgão divulgou nesta segunda-feira, 18 de outubro, resultados dos testes de colisão de nove veículos de seis marcas, fabricados e/ou vendidos na América Latina. No geral, o resultado foi péssimo. A avaliação destes carros seguiu o mesmo padrão europeu, com testes de impacto frontais a 64 km/h. Para simular os passageiros, foram colocados dois bonecos adultos nos bancos dianteiros e dois bonecos equivalentes a crianças de 3 anos e de 18 meses nos bancos traseiros. Neste primeiro teste de colisão, foram submetidos a um rigoroso processo de avaliação da NCPA os seguintes veículos: TOYOTA Corolla XEi; CHEVROLET Meriva GL Plus; FIAT Palio ELX 1.4 (com e sem airbags), VW Gol Trend 1.6 (com e sem airbags); Peugeot 207 Compact 5p 1.4 (com e sem airbags); Geely CK 1 1.3.
Latin NCAP divulga resultados dos testes em carros brasileiros
O melhor desempenho foi do Corolla, o qual recebeu a maior nota no teste: quatro estrelas (do máximo de cinco) na segurança para ocupantes adultos. A carroceria do Corolla se manteve estável durante o impacto frontal e o assoalho permaneceu íntegro. Cabeça e peito dos ocupantes tiveram boa proteção. Somente os joelhos ficaram expostos a lesões por ação de estruturas do painel. Houve falha na proteção da criança com três anos (a cabeça bateu nas costas do banco do motorista).
Latin NCAP divulga resultados dos testes em carros brasileiros
O pior desempenho foi do Geely CK1, de fabricação chinesa, que não é vendido no Brasil. Não obteve nenhuma estrela. Constatou-se risco muito elevado de lesões a todas as partes do corpo do motorista, que poderia até morrer. Para crianças, houve proteção adequada nas cadeirinhas, mas a carroceria muito fraca não absorve o impacto da colisão. A deformação da estrutura do carro é imensa, limitando a chance de sobrevivência do passageiro da frente. O Geely avaliado não tinha airbag. Mas o risco detectado é tão grande que a presença de um airbag não faria diferença. E as cadeirinhas recomendadas pelos fabricantes não se encaixam perfeitamente ao carro.
Latin NCAP divulga resultados dos testes em carros brasileiros
O Peugeot 207, mesmo no modelo que tem airbag, se mostrou incapaz de evitar que o peito do motorista atingisse o volante em caso de colisão frontal.
Latin NCAP divulga resultados dos testes em carros brasileiros
O modelo sem airbag, por sua vez, acarreta aos passageiros todas essas ameaças mais o alto risco de lesão na cabeça. Com ou sem airbag, o Peugeot 207 não é a opção mais segura para quem tem criança, uma vez que a carroceria não suporta a pressão do impacto.
Latin NCAP divulga resultados dos testes em carros brasileiros
Na avaliação do VW Gol e do Fiat Palio, dois carros muito populares no Brasil, os resultados foram bem parecidos. Nos modelos com airbag, ambos oferecem boa proteção para a cabeça. O Palio, porém, traz um risco médio de lesão no peito.
Latin NCAP divulga resultados dos testes em carros brasileiros
Nos modelos sem airbag dos dois carros, houve risco elevado de lesões na cabeça e no peito. No Chevrolet Meriva com airbag houve boa proteção de cabeça e peito. Estruturas do painel colocaram em risco os joelhos do motorista e do passageiro e as pernas do motorista. Falha na proteção da criança com três anos (a cabeça bateu nas costas do banco do motorista). Resultado final do primeiro crash-test da Latin NCAP
Latin NCAP divulga resultados dos testes em carros brasileiros
Até hoje, as únicas referências sobre segurança veicular eram de carros importados, com notas da Euro NCAP ou do IHS (Institute for Highway Safety) dos Estados Unidos. Com a chegada da Latin NCAP, começamos a ter um pouco de noção em relação a segurança dos modelos comercializados no Brasil. Com a Latin NCAP por aqui, não terá jeito. Ou as empresas passam a oferecer um produto de melhor qualidade e mais seguro, como já fazem na Europa, Ásia e Estados Unidos, ou verão seus modelos com notas horríveis como as publicadas neste primeiro teste. No Brasil, a entidade é representada pela Pro Teste. Fonte: Pro Teste

Latin NCAP divulga resultados dos testes em carros brasileiros

Foto de: Fábio Trindade