Perda Total: Vendedor destrói Mercedes Classe E 2010 em São Paulo - Modelo custa R$ 450 mil

O funcionário de uma concessionária da Mercedes-Benz em São Paulo, bateu uma Mercedes Benz Classe E avaliada em R$ 450 mil no muro de uma escola estadual. O velocímetro do carro, que era usado pela loja para test drive, travou em 195 km/h no momento da colisão. O carro teve perda total. Confira vídeo de uma reportagem sobre o acidente. O funcionário da loja disse em depoimento à polícia que tirou o carro da loja para abastecer, e ao sair do posto, foi vítima de um sequestro relâmpago. Segundo o funcionário, os suspeitos não acreditaram que ele não era dono do carro e pediram para que ele fosse até sua casa, próxima ao local do acidente. No momento do acidente, o funcionário estava bem vestido, de terno, o que pode ter contribuído para que os assaltantes o confundissem com outra pessoa. A gerente da concessionária onde ele trabalha ele não será demitido nem terá de arcar com as despesas do seguro do veículo, além de afirmar que confia na versão contada pelo jovem à Polícia.