Honda Accord e New Civic recebem cinco estrelas em teste de segurança da EuroNCAP

Os modelos Honda Accord e New Civic da Honda receberam classificação de cinco estrelas segundo os resultados dos novos crash tests promovidos pelo EuroNCAP (European New Car Assessment Programme).
Honda Accord e New Civic recebem cinco estrelas em teste de segurança da EuroNCAP
O resultado, já pelo novo sistema de classificação e notas, enfatiza o desempenho geral do veículo em termos de segurança. É levada em consideração a proteção dos ocupantes (adultos e crianças) e dos pedestres (impactos frontais, laterais, traseiros), além da disponibilidade de sistemas de assistência à condução. Tanto o Accord como o Civic receberam cinco estrelas. Os dois modelos da Honda obteveram as cinco estrelas graças a itens como o VSA (Vehicle Stability Assist), sistema que assegura estabilidade ao sedã médio. Este sistema aplica uma força de frenagem independente a cada uma das quatro rodas e, ao mesmo tempo, interage com os sistemas de aceleração, funcionamento do motor e controle de tração. O New Civic também possui airbags frontais e cintos de segurança de três pontos e a tecnologia de estrutura ACE (Advanced Compatibility Engineering), desenvolvida para absorver, com mais segurança, os impactos frontais, enquanto o Honda Accord, além destes itens, possui também airbags laterais. Hoje, a empresa mantém no Japão o Centro de Teste de Impacto (Crash Test), um dos mais avançados do mundo. Construída dentro do Centro de Pesquisas de Tochigi (Japão), a unidade permite avaliações sofisticadas e precisas, em qualquer condição climática, contribuindo para agilizar o tempo investido em pesquisa e desenvolvimento. O Centro de Crash Test também simula impactos de colisões mais comuns em automóveis, bem como acidentes em diferentes velocidades e direções, com impactos envolvendo veículos de vários tamanhos. Há ainda outro estudo relacionado às consequências dos imprevistos automotivos, envolvendo carros e pedestres.

Honda Accord e New Civic recebem cinco estrelas em teste de segurança da EuroNCAP

Foto de: Fábio Trindade