Depois de um 2020 turbulento, o novo ano reserva diversas novidades

Se 2020 foi uma verdadeira bagunça, o novo ano promete boas novidades. Com um mercado automotivo procurando uma rápida recuperação, as novidades terão uma função chave nesse processo para praticamente todas as montadoras e importadores que estão no Brasil, em basicamente todos os segmentos.

Já podemos destacar alguns deles. A Volkswagen aposta alto no Taos, seu SUV médio produzido na Argentina que quer uma (boa) fatia dos compradores de Jeep Compass. De Sorocaba (SP), virá o Toyota Corolla Cross, outro que promete colocar fogo neste segmento aproveitando o sucesso do sedã Corolla. E o próprio Jeep Compass, que terá um novo visual, motor 1.3 turbo flex e muito mais tecnologias.

 

Ouça nosso Podcast gratuitamente nas plataformas

Galeria: Volkswagen Taos 2022 (Brasil)

Ainda dentro da FCA, Fiat Toro também ensaia sua primeira grande renovação, seguindo os passos do primo, o Compass. Além disso, a Jeep deve apresentar seu SUV de 7 lugares que, segundo a marca, será o modelo mais moderno produzido no país. Fora o câmbio CVT para a Fiat Strada, Argo e Cronos e uma renovação do Renegade. 

A Ford também terá novidades, como a Ranger Black e o Mustang Mach-E e o Bronco Sport. A Honda, por sua vez, fará a estreia do novo City e City Hatch, enquanto a Renault terá o Captur renovado e estreando um motor 1.3 turbo e que estará no restante da linha com o passar dos anos - inclusive Duster. 

Para o segmento premium, novidades da Audi (novo A3 Sedan, Q5 reestilizado), BMW (Série 4 e linha M), Volvo (XC40 elétrico) e Mercedes-Benz (novos GLA e Classe C) devem agitar o andar acima do nosso mercado, além de um reforço quando falamos em elétricos e híbridos, segmento que já teve diversos lançamentos em 2020 e seguirá assim em 2021. 

Envie seu flagra! flagra@motor1.com