Em um mundo de elétricos e SUVs, discutimos se ainda há espaço para a esportividade

Carros esportivos ainda são os preferidos dos entusiastas. A versões mais nervosas e puras de um carro (que pode ser um hatch compacto ou um SUV de luxo) reinam no topo da lista de desejos de quem gosta de carros e valoriza uma tocada mais divertida, mesmo que no dia a dia. Aproveitamos então a apresentação dos novos VW Polo e Virtus GTS em forma de protótipo para, além de falar como andam, discorrer sobre o segmento de esportivos no Brasil.

Galeria: Volkswagen Polo GTS e Virtus GTS

Nesta lista, temos desde o acessível Renault Sandero R.S., passando pelo VW Jetta GLI e Honda Civic Si até Mini Cooper S, sem falar em linhagens mais elitizadas, como os modelos M da BMW, AMG da Mercedes-Benz e a linha RS da Audi. Até mesmo os SUVs já começam a apostar em esportividade, principalmente em marcas premium, como as citadas acima e a Porsche, por exemplo.

Renault Sandero R.S. 2020
Honda Civic Si 2018

Considerado um segmento de nicho, estamos até que bem servidos de esportivos. Desde o Sandero R.S., podemos passar por modelos aspirados, turbo, tração dianteira, traseira ou integral e preços que começam e cerca de R$ 70 mil e podem ultrapassar a casa dos milhões. A escolha (e o bolso) é sua. 

Participam desta edição:

Ouça nosso Podcast gratuitamente nas plataformas