Avaliação - Chevrolet Bolt é futuro apontado para o Brasil

Iniciamos um novo ano. Depois de forte ressaca no mercado automotivo brasileiro, a esperança é de que as coisas definitivamente melhorem. A indústria voltou a crescer, e as vendas também. Mas 2018 deve entrar para a história por conta de uma evolução mais profunda: a chegada do Chevrolet Bolt, o primeiro carro elétrico de uma das quatro grandes montadoras a ser vendido no Brasil. Eleito o Carro do Ano nos EUA, ele foi prometido para o nosso mercado pelo presidente da GM do Brasil. Quer saber como anda? Então confira com a gente como foi dirigi-lo por mais de 200 km nos arredores de Detroit.

Falamos em futuro, mas o carro elétrico já é uma realidade. Gosto de lembrar que algumas revoluções chegam, impactam e depois conquistam o mercado de tal maneira que é impossível regredir. Quer ver? Vamos tomar como exemplo o lançamento da primeira geração do iPhone pela Apple lá em 2007. O mercado era dominado pelos inquebráveis Nokias, pela sofisticação do celular de flip da Motorola, o StarTac, ou pelos funcionais Palms e Blackberrys. Mas Steve Jobs foi preciso: lançou o primeiro smartphone com tela multi-toque que dispensava botões físicos. Era caríssimo. Um ano depois chegava o primeiro smartphone com o sistema do Google, o Android, com a promessa de popularizar a tecnologia. Basta olhar para trás e ver a história. Hoje, dificilmente alguém compra celular sem uma bela tela. E há opções em todas as faixas de preços. Vejo o carro elétrico desta mesma forma.

Chevrolet Bolt 2018

Totalmente elétrico, o Bolt ...